Fala Jovem


A ação Fala Jovem integra uma das ações positivas do Projeto Diversidade Sexual, Saúde e Direitos entre Jovens em 2017 e tem como finalidade entrevistar jovens, de diferentes sexualidades, gêneros, classes sociais, raças, localidades e outros contextos a partir de questões pessoais (familiares, sociais, religiosas, prevenção, HIV/AIDS, política, saúde, empregabilidade), entre outros. O objetivo é poder entender, conhecer e traçar um perfil de cunho quase antropológico da juventude dentro da atual contemporaneidade brasileira e seus desafios.



“Não está sendo fácil viver esse período de isolamento social. Eu tive várias crises de ansiedade, só sonhando com o dia em que ficaremos livres dessa pandemia”, afirma professor entrevistado para o Fala Jovem

Se a esperança de dias melhores é a última que morre é nela e em sua crença que Matheus Oliveira vem se agarrando. Aos 24 anos, o morador de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, se apega na positividade para poder lidar com as intempéries de um “novo normal”, como se acostumou falar. Em tempos de […]

Leia Mais

“Essa pandemia me deu muito tempo para pensar em como seria a minha vida daqui pra frente”, afirma jovem carioca em entrevista ao Projeto

Ressignificar diz respeito ao ato ou ação de dar novo sentido a algo na vida. Mais do que palavras, o verbo que o define é atitude. E quando ela vem acompanhada de reflexões, essa dualidade só tende a fortalecer a individualidade, a saúde mental e os planos para a vida. Foi buscando novos horizontes que […]

Leia Mais

“Nunca acreditei na ideia de que política e religião não se misturam, até por que quando se fala na história de Jesus o abuso aos direitos humanos está presente em toda ela”, afirma jovem carioca em entrevista ao Fala Jovem

Consciência e amadurecimento nem sempre são sinônimos. Nem existe uma “receita de bolo” para se seguir, nem ordem cronológica de quando e como elas virão. Ou você tem ou você não tem. E somente o tempo determina isso, mediante o ajuizamento e propriedade de quem é o verdadeiro “senhor da razão”. Mas quando ambas as […]

Leia Mais

“A vontade de não viver já foi bem grande devido a pandemia”, revela jovem carioca em entrevista ao Fala Jovem do Projeto Diversidade Sexual da ABIA

As mudanças impostas pelo novo coronavírus introduziu em nossos hábitos alguns cuidados que, pelo menos os brasileiros, não estavam tão familiarizados: lavar as mãos constantemente, uso de álcool gel, uso de máscaras, luvas, lavar roupas utilizadas na rua separada das roupas de casa etc. Contudo, existe um outro lado nem tão interessante assim desses novos […]

Leia Mais

“Apesar de estarmos conquistando espaço na sociedade, as comunidades são ambientes pretos esquecidas pelo poder vigente”, diz jovem professor da Baixada Fluminense

Educação é o que liberta, empodera e equaliza desigualdades. Também é um instrumento que combate opressões e dignifica o Homem. Ciente desse poder Douglas Caldeiras, de 28 anos, não teve como fugir da pedagogia. Morador de Nilópolis, menor município da Baixada Fluminense, o jovem é o entrevistado do mês de maio do Fala Jovem, seção […]

Leia Mais

“Sou do candomblé por amor mesmo”, revela a jovem e independente Cassiele Rodrigues, em entrevista ao Projeto Diversidade Sexual

Mulher. Mulher negra. Mulher negra jovem. Mulher negra jovem e candomblecista. Cada um de nós é composto e atravessado/a por várias intersecções, que nos dão identidade e um pertencimento ao mundo. Esses matizes, tal qual os versos e prosa de Caetano Veloso, nos caracterizam conforme “a dor e a delícia de ser o que é”. […]

Leia Mais

Jovem, homossexual e evangélico: conheça a história do estudante Luiz Felipe em entrevista ao Projeto Diversidade Sexual na ABIA

Dias de luta. Dias de glória. No pain, no gain (sem dor, sem ganho). É mais ou menos assim, oscilando entre altos e baixos, dia após dia que Luiz Felipe da Silva enxerga os obstáculos e as conquistas e objetivos traçados em sua vida. Aos 27 anos, o morador de Xavantes, em Belford Roxo, na […]

Leia Mais

“Por mais que eu seja uma menina negra, eu reconheço os meus privilégios”, afirma jovem estudante de Nutrição em entrevista na ABIA

O significado de privilégio no dicionário informa: é o indivíduo e/ou a pessoa que usufrui de algum direito, vantagem ou prerrogativa que são válidos apenas para um grupo ou usuário, em detrimento do alcance da maioria. O que fazer com ele são outros 500. Para uns, é a categoria que categoriza o status necessário para […]

Leia Mais

“O que mais me choca no Brasil é a desigualdade de sonhos”, afirma Patrick Pereira, que dedica sua vida em prol dos direitos de jovens e adolescentes no Brasil

A canção diz “sonho meu/sonho meu/vai buscar/quem mora longe/sonho meu”. Os versos de Zeca Pagodinho, também imortalizado na voz de Maria Bethânia, poderia ser perfeitamente a composição mais autoral da vida de Patrick Pereira. Aos 18 anos, o jovem da distante Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro, não se furta de sonhar. Mesmo com […]

Leia Mais

“Eu não acredito no cristianismo hegemômico, mas eu acredito e me faz bem pensar no Cristo como um homem negro”, afirma o ativista Jean Vinícius que ainda reflete sobre racismo, afetos, LGBTs, HIV/AIDS e outros assuntos

Paulo Freire sempre trabalhou com a proposta da Pedagogia do Oprimido. Isto é, para Freire, o objetivo maior da educação é conscientizar o aluno e levá-las a entender sua situação de oprimidas e agir em favor da própria libertação. Tal qual o patrono da educação brasileira, o ativista Jean Vinícius, de 29 anos utiliza-se dos […]

Leia Mais

“Eu sabia que era negra, mas não me colocava como negra. Mas quando eu entrei na universidade eu passei a compreender a questão étnico-racial”, revela jovem capixaba radicada no Rio

A pequeneza do estado do Espírito Santo na cartografia brasileira não representa a grandeza de sua importância e da grandeza de seus moradores. Pelo menos é essa a impressão refletida durante o bate-papo com a entrevistada do mês de novembro do Fala Jovem, do Projeto Diversidade Sexual, Saúde e Direitos entre Jovens Ana Paula Lyra. […]

Leia Mais

“Eu ainda estou encaixado em um certo padrão: sou branco, não sou tão afeminado, sou de classe média. Então acho que de repente isso faz com que o preconceito não me atinja tanto, mas ele ainda existe”, reconhece jovem carioca

Moreno, alto, bonito e sensual. Tirando o adjetivo da morenice podemos pegar os demais adjetivos e parafrasear a canção para encaixá-los à persona de Iron Ferreira. O carioca de 24 anos, morador da Ilha do Governador – que em sua opinião “ainda é um lugar um pouco isolado e não é tão violento como o […]

Leia Mais