Roda de Conversa – ” Juventude, Estigma e COVID-19″


Com mais de 250 mil mortes, numa população de 210 milhões, e mais de 10 milhões de infectados, o Brasil desponta no mundo como um dos principais focos de COVID-19 no mundo.

As desigualdades sociais, econômicas, culturais e outras vulnerabilidades estruturais impõe uma realidade ainda mais cruel para os brasileiros. Mas afinal, é possível culpabilizar tão e somente essa faixa geracional pelo alastro da pandemia? E os jovens de favelas, conseguem fazer isolamento social como aqueles de apartamentos? A desigualdade de oportunidades para trabalhar em casa é uma questão? É uma população menos empática? Muitas perguntas encontram-se sem respostas, mas são importantes serem discutidas.

Por isso o Projeto Diversidade Sexual, Saúde e Direitos entre Jovens da Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS (ABIA) reuniu no dia 26 de fevereiro de 2021, via Zoom, jovens, ativistas, estudantes e demais interessados no tema.

 

%d blogueiros gostam disto: