Pesquisa com alunos da rede pública revela machismo e estereótipos de gênero entre jovens


Um levantamento coordenado pela Fundação Carlos Chagas e o Instituto Unibanco, divulgado na coluna de Ancelmo Góis e que será revelado hoje no Museu do Amanhã, realizado com mais de mil alunos da rede pública de ensino exemplificou a força do machismo: 35,6% dizem que “a mulher é mais capacitada para o trabalho doméstico do que o homem” e 22,6% acham que “é aceitável um homem receber um salário maior”.

O estudo integra o  1º Seminário Elas nas Exatas: pela Equidade de Gênero na Educação Pública, promovido pelo Instituto Unibanco (IU), Fundo ELAS de Investimento Social e Fundação Carlos Chagas (FCC). A parceria também é a idealizadora do edital Gestão Escolar para Equidade: Elas nas Exatas, uma iniciativa que busca reconhecer projetos que estimulem a inserção de meninas nas áreas de ciências tecnológicas e exatas. Além desses três realizadores, o Seminário conta ainda com a parceria da ONU Mulheres. O evento tem como objetivo ser um espaço de debate entre especialistas e o público sobre a importância de políticas públicas educacionais promoverem a equidade e o enfrentamento das desigualdades e das discriminações de gênero.

Importantes nomes confirmaram presença no evento e ajudarão a discutir o tema. Entre eles, estão: Alice de Paiva, professora emérita da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e diretora do GenderInSITE, um programa internacional para promover a questão de gênero em ciência, inovação, tecnologia e engenharia; Amália Fischer, pesquisadora e ativista pelos Direitos das Mulheres e coordenadora geral do Fundo ELAS; Georgina Freitas, professora e engenheira eletricista; Ricardo Henriques, superintendente executivo do Instituto Unibanco; Gloria Bonder, psicóloga, pesquisadora e diretora da Cátedra Regional UNESCO “Mulheres, Ciência e Tecnologia”, entre outros.

Maiores informações podem ser conferidas no site do evento:

http://seminarioelasnasexatas.org.br

Fonte: O Globo e GIFE

 

%d blogueiros gostam disto: