Minidocumentário revela a situação dos homossexuais na Rússia


Sede da próxima Copa do Mundo, a Rússia encontra-se no centro dos debates acerca da maior competição de futebol do planeta. Em meio à expectativa e euforia, paira o medo. Especialmente de homossexuais, como os dos residentes do país de Vladimir Putin. Por isso mesmo, na última terça feira (25) o portal UOL lançou o minidocumentário “Do Outro Lado – A Rússia gay que não pode sair do armário”, sobre a vida dos homossexuais no país.

“Do Outro Lado” mostra as dificuldades de falar sobre a comunidade LGBT na Rússia. Durante 18 dias, o editor Vinícius Mesquita viajou por sedes da Copa do Mundo de 2018 e conversou com homossexuais sobre como é viver em um país com leis antigays. “Em um primeiro momento, você acha que essa perseguição Rússia não passa de lenda. Mas, ao desembarcar, percebe que não é brincadeira. Logo nas primeiras conversas, descobrimos que eles não podem andar de mãos dadas na rua, correndo o risco de agressão, ou revelar a orientação sexual em público, podendo perder o emprego. Quem se declara homossexual, não fala onde mora, por medo. É um dos raros países em que o opressor tem mais respeito do que o oprimido”, diz Vinicius Mesquita.

O primeiro capítulo é uma introdução ao tema, que mostra a preparação para a viagem, a dificuldade de encontrar pessoas dispostas a falar sobre homossexualidade na Rússia. No segundo, os personagens que aceitam conversar com a reportagem contam como é a vida de um gay russo.

No terceiro episódio, o acesso a uma boate gay em São Petersburgo mostra como é a vida social reprimida no país. Além disso, o capítulo discute o esporte russo nessa polêmica, mostrando iniciativas de militantes do movimento LBGT para mudar o cenário. O último capítulo traz uma entrevista com um ativista antigay personifica o ódio que existe em alguns setores da sociedade russa.

Assista clicando aqui.

 

Fonte: UOL

%d blogueiros gostam disto: